Marketing de rede e franquias: o que são?


Muitas pessoas ainda confundem o marketing de rede com o sistema de franquias, mesmo sendo coisas bem diferentes. Foi por causa dessa dúvida que eu quis trazer para vocês as principais diferenças entre esses termos.


Para você que pensa em ser seu próprio chefe, é importante conhecer esses dois modelos de negócio, que até possuem algumas semelhanças, mas também são diferentes em vários aspectos, principalmente em relação à questão financeira e a quantia que é preciso investir para começar em cada um deles.


Marketing de rede.

O marketing de rede está ligado à venda direta, mas possui maior evolução e organização estrutural. Nele, você trabalha com a venda de produtos ou serviços para os consumidores pela internet ou pessoalmente, e você também pode criar sua própria rede de empreendedores, convidando pessoas para serem revendedoras.


Nesse modelo de negócio, você também recebe pelos distribuidores que indicar, além da margem de lucro dos itens que comercializa.


Fazer parte de uma empresa de marketing de rede é, então, ser seu próprio chefe, podendo administrar seu trabalho e tempo, tendo a flexibilidade que você desejar nesses quesitos.


Para fazer parte de uma boa oportunidade de marketing de rede o investimento que é preciso é baixíssimo, sendo completamente viável para aqueles que querem empreender, mas não têm tanto dinheiro para investir.


Além disso, após criar uma base sólida em seu negócio, você passa a ter uma renda residual, graças a sua rede de colaboradores. Isso significa que você não precisa estar sempre ativo para receber sua renda.



Franquias.

O sistema de franquias é, basicamente, licenciar um modelo de operações para ser copiado por outros empreendedores. Os franqueados então abrem suas unidades e vendem os produtos/serviços autorizados pela marca, com a mesma qualidade e tecnologia.


Esse modelo de negócio é mais “fechado” por assim dizer, já que o franqueado, mesmo sendo seu próprio chefe, ainda precisa seguir o contrato de franquia para continuar associado à marca. Todas as suas ideias precisam passar pela aprovação da marca para serem implementadas.


O valor a ser investido em uma franquia é significativamente grande, raramente estando abaixo de 50 mil reais, sendo essa quantia apenas o investimento inicial mínimo, mais comum para microfranquias. As maiores franquias têm um investimento inicial geralmente maior que 200 mil, para ter uma única loja.


Franquias também não proporcionam renda residual, então se você deixar de trabalhar por um tempo, você não terá renda alguma, o que não acontece no marketing de rede.



Conclusão.

Enquanto no modelo de franquias você pode levar muito tempo para retornar o investimento, no marketing de rede você investe tão pouco, que continua totalmente capitalizado. Além disso, em apenas um deles você tem liberdade para trabalhar como quiser e tem a oportunidade de ter renda residual.


Portanto, se você está pensando em investir em um negócio, saiba que o marketing de rede vem crescendo a cada dia no Brasil e que ele pode trazer muitas vantagens para você.


Quer saber mais sobre o marketing de rede do doTERRA? Entra em contato comigo e eu explico tudo o que você precisa saber sobre essa empresa de óleos essenciais que está formando muitos empreendedores de sucesso no nosso país - e no mundo!



20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo